Podcasts de história

Documentos - História

Documentos - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Adotado pelo Conselho de Segurança em sua 2941ª reunião em 20 de setembro de 1990

O Conselho de Segurança,

Convencidos da necessidade de encontrar uma paz precoce, justa e duradoura
solução do conflito do Camboja,

Observando que a Conferência Internacional de Paris sobre o Camboja (PICC), que
reuniu-se de 30 de julho a 30 de agosto de 1989, avançou na elaboração de um amplo
variedade de elementos necessários para alcançar uma política abrangente
povoado,

Tomando nota com apreciação dos esforços contínuos da China,
França, União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, Reino Unido da Grande
Grã-Bretanha e Irlanda do Norte e os Estados Unidos da América que têm
resultou na Estrutura para uma solução política abrangente do
Conflito no Camboja conforme consta do documento S / 21689 do Conselho de Segurança,

Tomando nota com apreço também os esforços dos países da ASEAN
e outros países envolvidos na promoção da busca por um abrangente
acordo político,

Tomando nota ainda com apreço os esforços da Indonésia e
França como Co-Presidentes do PICC e de todos os participantes desta Conferência
para facilitar a restauração da paz no Camboja,

Observando que esses esforços têm como objetivo permitir que o povo do Camboja
exercer seu direito inalienável à autodeterminação por meio de liberdade e justiça
eleições organizadas e conduzidas pelas Nações Unidas em um ambiente político neutro
meio ambiente com total respeito pela soberania nacional do Camboja,

1. Endossa a Estrutura para uma solução política abrangente de
o conflito do Camboja (S / 21689) e incentiva os esforços contínuos de
China, França, União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, Reino Unido da
Grã-Bretanha e Irlanda do Norte e os Estados Unidos da América neste
que diz respeito;

2. Congratula-se com a aceitação deste quadro na sua totalidade por todos os
Partidos cambojanos, como base para a resolução do conflito do Camboja, no
reunião informal das partes cambojanas em Jacarta em 10 de setembro de 1990 e
seu compromisso com ele;

3. Congratula-se ainda com o compromisso das partes cambojanas, na íntegra
cooperação com todos os outros participantes do PICC, para a elaboração deste
Estrutura em um acordo político abrangente por meio dos processos de
o PICC;

4. Congratula-se, em particular, com o acordo alcançado por todos os cambojanos
partidos em Jacarta (S / 21732) formando um Conselho Nacional Supremo como o único
órgão legítimo e fonte de autoridade em que, ao longo da transição
período, a independência, soberania nacional e unidade do Camboja é
corporificada;

5. Insta os membros do Conselho Nacional Supremo, de pleno acordo
com o documento-quadro (S / 21689), para eleger o Presidente do Conselho como
o mais rapidamente possível, de forma a implementar o acordo referido no n.º 4;

6. Observa que o Conselho Nacional Supremo irá, portanto, representar
Camboja externamente e deve designar seus representantes para ocupar o
sede do Camboja nas Nações Unidas, nas Nações Unidas especializada
agências, e em outras instituições internacionais e internacionais
conferências;

7. Insta todas as partes em conflito a exercerem o máximo de autocontenção
de modo a criar o clima pacífico necessário para facilitar a realização
e a implementação de um acordo político abrangente;

8. Exorta os Co-Presidentes do PICC a intensificarem as suas
consultas com vista à convocação da Conferência, cuja tarefa será
elaborar e adotar o acordo político abrangente e redigir um
plano detalhado de implementação de acordo com esta estrutura;

9. Insta o Conselho Nacional Supremo, todos os cambojanos, bem como todos
as partes em conflito cooperem plenamente neste processo;

10. Incentiva o Secretário-Geral a continuar, no contexto de
preparativos para a convocação do PICC e com base no presente
resolução, estudos preparatórios para avaliar as implicações dos recursos, tempo
e outras considerações relevantes para o papel das Nações Unidas;

11. Exorta todos os Estados a apoiarem a realização de uma ampla
acordo político conforme delineado neste quadro.

.


Assista o vídeo: OS NOSSOS DOCUMENTOS PESSOAIS - HISTÓRIA (Pode 2022).